(51) 3519.7919 | (51) 3207.5555 | contato@preventivars.com.br

Preventiva

  • Curso: Método Preventiva de Reabilitação de Joelho

    Image title


    O objetivo do curso "Método Preventiva de Reabilitação de Joelho" é instrumentalizar o profissional/aluno de fisioterapia e educação física a reabilitar/prevenir de forma segura e eficiente as principais disfunções de joelho.

    Abordaremos exercícios funcionais específicos para o tratamento das principais lesões de joelho. Além disso, apresentaremos técnicas de mobilização articular, liberação miofascial (manual e instrumental) e bandagens, tudo baseado em evidência.


    - Síndrome da dor patelofemoral

    - PO de reconstrução de LCA

    - Tendinopatia patelar

    - Técnicas de mobilização articular

    - Exercícios  específicos 

    - Liberação miofascial 

    - Bandagens 

    Leia Mais


  • Pilates Preventiva

    Pilates é um método criado pelo alemão Joseph Pilates, que visa o total e completo controle e conexão entre o corpo e a mente. Através dos seis princípios básicos são eles: 

    A concentração, respiração, centralização, precisão, controle e fluidez no desenvolvimento dos exercícios. 

    Seus benefícios são:

    - aumenta a flexibilidade;

    - corrige problemas posturais;

    - aumenta a concentração;

    - tonifica a musculatura;

    - melhora a coordenação motora;

    - promove menor atrito nas articulações;

    - alivia dores musculares;

    - auxilia a prevenção contra osteoporose;

    - promove o relaxamento, o bem estar geral e eleva a auto estima;


    Image title

    Leia Mais


  • Princípios do conceito de Mulligan

    Image title


    O tratamento fisioterapêutico de disfunções musculesqueléticas tem evoluído muito. O conceito de Brian Mulligan de mobilizações com movimento (MWMs) nas extremidades e deslizamento apofisários naturais sustentados (SNAGs) na coluna vertebral fazem parte dessa evolução. Essa abordagem pode ajudar indivíduos na melhora de restrições de movimento e de função. Terapeutas buscam melhorar movimento com a utilização de uma técnica manual livre de dor. Tanto o terapeuta quanto o paciente podem avaliar rapidamente o efeito do método. Se a técnica é indicada, uma melhora imediata na dor e/ou no movimento será observada. O conceito Mulligan não se trata de mobilizações passivas, todas as mobilizações devem ser realizadas com a participação ativa do paciente.

    Leia Mais


  • Treino X Alimentação

    Image title

    Alguns hábitos alimentares estão envolvidos com a etimologia e a evolução da obesidade. Relata-se que indivíduos que consomem um número menor de refeições apresentam peso relativamente maior que aqueles que têm o hábito de realizar de quatro a seis refeições no dia. Mudanças de hábitos de vida, associando a prática regular de exercícios físicos com o consumo de dieta saudável, constituem estratégias que pode garantir a perda de peso e a sua manutenção em longo prazo. Assim, em um programa de redução de peso, o exercício físico tem papel fundamental não apenas na fase de perda, mas também na fase de manutenção, prevenindo recaídas.



    Leia Mais


  • Conceito Maitland

    Image title



    O conceito Maitland foi criado na década de 60 pelo fisioterapeuta australiano Geoff Maitland, que se baseia numa anamnese minuciosa, exame físico (movimentos ativos, passivos e acessórios), sinais e sintomas; todos esses dados são a base da avaliação para que o fisioterapeuta escolha a melhor técnica de tratamento. Sua principal característica é a possibilidade de alívio imediato da dor e ganho de amplitude de movimento.

    O exame físico consiste na avaliação dos movimentos ativos, seguido dos movimentos passivos e acessórios das articulações que estão direta ou indiretamente relacionadas com a queixa do paciente. A base para esta forma de avaliação se dá, pois as lesões podem levar tanto a uma perda dos movimentos fisiológicos, quanto dos acessórios.

    O tratamento tem como objetivo reestabelecer os movimentos articulares através de técnicas de mobilização (movimentos oscilatórios) e de manipulação (movimentos de alta velocidade).

    • Grau I: Movimento de pequena amplitude, realizado abaixo da faixa de resistência, adequado para o tratamento de condições altamente irritáveis. Mais utilizado para analgesia;
    • Grau II: Mobilização de maior amplitude do que o Grau I, porém, ainda abaixo da resistência do tecido. Adequado quando a mobilização gera dor antes da restrição do movimento articular e também é mais utilizado como analgesia;
    • Grau III: Mobilização de grande amplitude executada dentro da resistência do tecido e é utilizada quando a resistência ao movimento é detectada antes da dor;
    • Grau IV: Utilizada quando a resistência ao movimento é detectada antes da dor e é um movimento de pequena amplitude, executado no final, porém ainda dentro da resistência tecidual. Realizado em dores crônicas de baixa irritabilidade.

     

    Indicações
    • Dor
    • Hipomobilidade
    • Espasmo
    • Inflamação

     

    Contra Indicações
    • Fraturas recentes
    • Compressão da medula espinal
    • Compressão da cauda equína
    • Doença ativa das vértebras
    • Tonturas posicionais quando há rotações (coluna cervical)
    • Dor intensa nas raízes dos nervos
    • Osteoporose

    Leia Mais


  • A importância do Protetor Solar


    🚫☀

    O sol é a fonte de energia que supre a vida, mas a exposição acumulada sem a proteção apropriada pode trazer consequências negativas. 
    Há três tipos de raios que podem danificar a nossa pele: UVA, UVB e os raios infravermelhos, que penetram e causam danos às células e ao DNA. 
    Para melhor proteger a pele do sol, o filtro solar precisa ser parte da rotina diária.
    As opções incluem:
     🏼 filtros físicos, que refletem a radiação UV;
     🏼 filtros químicos, que absorvem a radiação UV;
     🏼ou a combinação dos dois.

    O uso de antioxidantes via oral também colabora muito para diminuição desses danos!


    O ideal é verificar se o filtro solar possui o selo de "amplo espectro", que indica proteção completa contra a radiação UVA e UVB, onde o FPS protege contras os raios UVB, e o PPD contra o UVA.


    A reaplicação a cada 2 a 3 horas é fundamental para uma proteção eficaz.


    Quando não se tem esses hábitos, há o dano celular e os sinais aparecem em forma de linhas finas, rugas, flacidez, manchas e câncer de pele.

    Image title


    Leia Mais


  • Importância da Auto Liberação Miofascial - Parceria Preventiva e Foam Roller Brasil


    Olá colegas, amigos e praticantes de exercícios físicos que buscam resultados eficazes e seguros em seus programas de treinamento. Vamos apresentar algumas características do rolo conhecido como Foam Roller e que atualmente é estudado e utilizado como uma ferramenta eficiente em protocolos de treinamento visando inúmeros objetivos, desde alta performance esportiva, passando por programas específicos de fitness e wellness; como também em momentos de prevenção e recuperação muscular.

    Primeiro, vamos definir o que é o Foam Roller: um rolo de espuma cilíndrico com densidade e composição soft ou hard utilizado principalmente para a técnica de liberação miofascial. Sempre em busca da excelência em todos os aspectos, a Foam Roller Brasil desenvolveu seu foam roller maximizando os benefícios através de características únicas para a utilização no protocolo de auto liberação miofascial, primando por uma composição em EPP, com matéria prima 100% reciclável. Esse material é denominado polipropileno expandido, no caso, com densidade hard (rígido); sendo ideal para a auto liberação miofascial (Método ALM), pois garante uma maior aderência nas fáscias musculares. O tamanho ideal de 30 x 15 cm e peso de 250 gramas, também atua nesse sentido, proporcionando maior mobilidade e estabilidade durante o uso.

    Em relação aos potenciais benefícios, a utilização de Foam Roller tem como premissa básica a self myofascial release, ou técnica manual de auto liberação miofascial, auxiliando no aumento de flexibilidade (range of motion), redução de EPDT (efeito posterior de dor tardia – muscle soreness), aumento de eficiência neuromuscular e promoção de recuperação acelerada pós treino (SKARABOT et al, 2015) através da redução de aderências fibrosas entre as camadas dos tecidos fasciais (McDONALD et al, 2013).

    Estudos comprovaram que a fáscia altera suas propriedades mecânicas em resposta a constante aplicação de sobrecargas e posturas prolongadas, dessa forma, o mecanismo chamado strain hardening ocorre em qualquer material que apresenta tanto a capacidade plástica como elástica; e podemos manipulá-lo através de repetidas aplicações mecânicas tornando o tecido menos elástico e mais plástico (SCHLEIP et al, 2012).

    Espero ter ajudado. Fique conosco, pois aqui estamos sempre em busca do conhecimento e da excelência Abraço e bom treino a todos!”

    Leia Mais


  • Efeito da massagem contra dor é similar ao de analgésico

    Image title

    Image title



        Na prática, já se sabia desde a antiguidade clássica, pois gregos antigos e chineses praticavam massagem em seus atletas depois de exercícios. Mas só agora uma equipe de cientistas, no Canadá, demonstrou o mecanismo bioquímico pelo qual a massagem faz efeito terapêutico.
        O estudo foi publicado na revista médica americana Science Translational Medicine; pela equipe coordenada por Justin Crane e Mark Tarnopolsky, da Universidade McMaster, do Canadá.
    Usando um grupo de 11 voluntários que realizou exercícios físicos, recebeu massagem feita por profissionais e, depois, foi submetido a biópsias nos músculos afetados, Crane e seus colegas documentaram as mudanças biológicas nos tecidos.
        "Depois de dez minutos de massagem, vias de sinalização que respondem a estresses mecânicos foram ativadas. A massagem reduziu sinais de inflamação, e células musculares massageadas eram mais capazes de formar novas mitocôndrias", escreveu o editor da revista.
        Exercício demanda energia. Graças à massagem, as células musculares produziram com mais eficiência organelas (pequenos órgãos dentro das células) ligados à produção de energia, essas mitocôndrias.
        Ou seja, a massagem terapêutica facilita a recuperação após danos musculares.
        "A massagem depois da prática esportiva ajuda em duas coisas", afirma Victor Liggieri, coordenador do setor de fisioterapia do Grupo de Dor do Hospital das Clínicas da USP.
        "Há uma dor normal pós-exercício. A massagem reduz o tempo da recuperação muscular. E reduz o índice de lesão patológica, por exemplo, um estiramento muscular", diz Liggieri. Isto é, um alongamento, abrupto, do músculo, faz com que ele passe do seu limite elástico natural e o deixa contraído. E isso pode durar semanas, meses.
        "Mas não é só o atleta que está em risco", diz o fisioterapeuta. O chamado atleta de fim de semana é a clássica vítima de dor muscular.
        O objetivo do estudo canadense descrito agora era justamente avaliar essa situação em que pessoas sem condicionamento físico sofrem dor muscular.
        O estudo envolveu testar os músculos das pernas de voluntários submetidos a exercícios exaustivos.
        "Dez minutos de massagem reduziram os sinais de inflamação nas células. E, algo que vai merecer mais estudo, o resultado foi parecido ao produzido por analgésicos."
        Segundo os autores, é importante dar validade científica a tratamentos baseados no toque, que são cada vez mais procurados em substituição ou de forma complementar ao atendimento médico convencional. Além disso, livraria os pacientes de efeitos colaterais de analgésicos e anti-inflamatórios.

    Leia Mais


  • Depilação com Laser de Diodo

    Este tratamento será realizado na estética da Preventiva.

    Data: 02/06/16

    Local: Rua José do Patrocínio, 263, Cidade Baixa, Porto Alegre

    Horário de agendamento: 7h às 21h


    O que é?

    O equipamento de laser de diodo é padrão-ouro internacional para depilação progressiva permanente. 

    A depilação ocorre através da emissão de raio laser que agride diretamente o pelo e bulbo, diminuindo os pelos na região a cada sessão.

    Como é feita e como funciona?

    A dor deste tratamento é de suportável a indolor. O número de sessões sugeridas são seis, dependendo do paciente e região a ser tratada, já que necessitamos que os pelos estejam na fase anágena para efetividade do tratamento. O pelo não pode ser removido por nenhum método que retire a sua raiz, como cera ou pinça nos 30 a 40 dias que antecedem a sessão. 

    A redução dos pelos é definitiva, porém, com o tempo alguns pelos novos podem crescer sendo aconselhável uma sessão de manutenção semestral ou anual.

    O que posso tratar?

    Qualquer região que contenha pelos escuros.

    Resultados

    Os resultados são visíveis após um mês de cada sessão. Já na primeira sessão já observa-se diminuição de pelos na(s) região(ões) tratada(s).

    Quais são as contraindicações?

    Pele depilada com cera ou qualquer método que retire o pelo por completo, pele bronzeada, infecções ou inflamação no local, dermatite no local, vitiligo, câncer de pele, pessoas albinas, pelos brancos, claros ou muito finos, pelos descoloridos, uso de Roacutan nos últimos seis meses, uso de ácidos na região a ser tratada (parar de usar 7 dias antes da sessão), tratamento com hormônios.

    Obs. Pacientes com hirsutismo facial, síndrome de ovários policísticos e/ou hiperandrogenismo, e alguns pacientes do oriente médio e descendentes de mediterrâneos podem necessitar de um maior número de sessões, e devem ser avisados do risco de crescimento de pelos paradoxais em áreas adjacentes não tratadas.


    Procure sempre um profissional habilitado.

    Agende já a sua avaliação!


    Biomédica Yara Casanova

    CRBM5 - 1421

    Leia Mais


  • Criolipólise


    Este tratamento será realizado na estética da Preventiva.

    Data: 05/05/16

    Local: Rua José do Patrocínio, 263, Cidade Baixa, Porto Alegre

    Horário de agendamento: 7h às 21h


    O que é?

    A Criolipólise é um dos tratamentos mais procurados por não ser invasivo e pelos ótimos resultados na redução de gordura localizada. A técnica utiliza temperaturas negativas que agridem as células de gordura (adipócitos), eliminando-as gradualmente em uma única sessão. As atividades podem ser retomadas no mesmo dia.

    Como é feita e como funciona?

    A região é protegida com uma manta, isolada através de vácuo e mantida a uma temperatura baixa controlada (variando de -5ºC a -11ºC) por um período de 30 a 50 minutos.

    Essa técnica age especificamente nas células de gordura, evitando danos aos demais tecidos, proporcionando uma forma eficaz e segura de tratar o excesso de gordura localizada.

    A exposição do tecido adiposo a baixas temperaturas leva à cristalização dos lipídios encontrados dentro dos adipócitos, levando à inviabilidade dessas células, gerando um processo inflamatório que resulta na morte de parte das células de gordura, que serão metabolizadas pelo organismo de forma gradual, não elevando níveis séricos de triglicerídeos.

    Quais regiões podem ser tratadas?

    Image title

    Resultados

    Os resultados podem ser vistos a partir do primeiro mês após a sessão, mas as células de gordura continuam sendo eliminadas até seis meses após o procedimento, dependendo do organismo de cada paciente. Uma sessão já é suficiente para trazer resultados muito satisfatórios. Uma nova sessão pode ser realizada na mesma região após, no mínimo, três meses.

    Quais são as contraindicações?

    Região que tenha ferimento, infecção, cicatriz recente, alergia, hérnia; paciente com sobrepeso ou obeso; gravidez; sensibilidade ou doença conhecida relacionado ao frio; falta de sensibilidade na região a ser tratada.

    Procure sempre um profissional habilitado.


    Agende já a sua avaliação!

    Leia Mais


  • Workshop sobre Auto Liberação Miofascial

    Profissionais e acadêmicos de Fisioterapia e Educação Física, garantam a sua vaga para o nosso Workshop sobre Auto Liberação Miofascial.

    Ministrante: Ft. Tarciso Santos 195.796/F CREFITO-5
    Carga horária: 4 horas - Teórico/Prático
    Publico Alvo:  Profissionais e Acadêmicos de Fisioterapia e Educação Física
    Investimento: R$100,00
    Local: Preventiva Centro Integrado, José do Patrocínio, 263, Cidade Baixa, POA

    Mais informações no telefone (51) 35197919 ou email cursos@preventivars.com.br

    Leia Mais


  • 5 dicas para uma alimentação mais saudável e equilibrada

    Image title

    Separamos cinco dicas para você prestar a atenção na hora de se alimentar. Afinal, saúde é ter um corpo saudável com uma ótima alimentação acompanhada de exercício físico. Assim, uma dieta equilibrada e nutritiva deve ter essas cinco características:

    1) Adequação:A alimentação deve ser apropriada às diferentes fases e condições de vida, às atividades, às circunstâncias fisiológicas e de doenças.

    2) Qualidade:Deve conter variedade de alimentos que satisfaça todas as necessidades do corpo. Os alimentos devem ser nutritivos e não apenas conterem calorias vazias.

    3) Quantidade: Deve ser suficiente para atender o organismo em todas as suas necessidades.

    4) Harmonia:É o equilíbrio entre os nutrientes, em relação á quantidade e qualidade.

    5) Variedade:Fornecer uma ampla seleção de alimentos diariamente, pois os alimentos são diferentes, apresentando diferentes nutrientes.

    Image title


    Leia Mais


  • 10 hábitos simples para acelerar o metabolismo

    Image title

    Muitas vezes vilão para quem não consegue perder peso, o metabolismo pode ser entendido como a quantidade de calorias que o organismo consome para cumprir determinados papéis, como o simples ato de respirar. Não conseguir emagrecer pode sim estar ligado a um metabolismo mais lento, mas algumas medidas simples podem acelerar a função metabólica do organismo, fazendo com que o corpo gaste mais calorias para realizar as mesmas atividades. Veja a lista de 10 hábitos simples que podem ajudar a acelerar o seu metabolismo: 


    1. Não pule refeições
    Engana-se quem acha que pular refeições ajuda no processo de emagrecimento. Pular refeições prejudica o metabolismo e não faz com que pessoa perca peso. “O que realmente impactará na perda de peso corporal é a quantidade e a qualidade do que é ingerido. Portanto, faça suas refeições em intervalos máximos de 4 horas”, afirma o médico Antônio Carlos Till.


    2. Priorize o sono
    Dormir adequadamente é fundamental. Segundo o Dr. Till, o metabolismo da glicose é afetado em pessoas que dormem menos do que a sua necessidade. É importante lembrar, no entanto, que cada pessoa tem uma necessidade diária diferenciada, que pode variar de 6 a 8 horas de sono. O importante é que o sono seja suficiente para ela ficar descansada.


    3. Beba muita água
    Manter o corpo hidratado também é bom para o metabolismo. Estudos já mostraram que a ingestão de muita água pode facilitar a queima de calorias. “Pois facilita o transporte de vitaminas e ajuda a eliminar toxinas, melhorando também a função intestinal. Beba bastante líquido, de 2 a 3 litros por dia”, afirma o médico.


    4. Mexa-se
    Obviamente que atividade física acelera o metabolismo. O exercício, segundo Till, é de fundamental valor. O especialista alerta que o ideal é associar exercícios aeróbicos a treinamentos anaeróbicos, como musculação, além, é claro de uma alimentação equilibrada.


    5. Beba café
    Para o especialista, o consumo de cafeína estimula o corpo e também aumenta a capacidade de queima de calorias.


    6. Fique longe dos sucos industrializados
    Embora seja de fruta e aparentemente saudável, sucos de frutas industrializados possuem excesso de açúcar e conservantes químicos, além de outras substâncias prejudiciais ao organismo. “Ao contrário da cafeína, ele pode tornar lento os processos metabólicos”.


    7. Coma proteína
    Além de manter o corpo sempre hidratado, comer uma quantidade adequada diariamente de proteína é muito importante. Segundo o dr. Till, a proteína dá energia e facilita a mobilidade e a queima de calorias de uma forma mais rápida.


    8. Consuma gorduras do bem
    Nem sempre um alimento mais calórico é ruim. De acordo com o dr. Till, as pessoas necessitam de calorias para o bom funcionamento do organismo. “As gorduras constituem-se em importante fonte calórica e devemos consumir as gorduras saudáveis, as insaturadas, encontradas em peixes, certos tipos de óleos e castanhas, além do abacate. Deve-se evitar, no entanto, as gorduras saturadas e trans”.


    9. Evite alguns adoçantes
    Substituir o açúcar por adoçante nem sempre é uma escolha saudável, pois o uso de alguns adoçantes pode aumentar o apetite e fazer com que o corpo demande mais carboidratos, os quais são mais difíceis de serem quebrados reduzindo o metabolismo do nosso corpo.


    10. Relaxe
    E por fim, relaxe. Diversos estudos mostram que o estresse em determinados níveis é positivo para a nossa vida e pode, no longo prazo, contribuir para a preservação de nossa capacidade intelectual, funcionando inclusive como uma “prevenção” para a demência e o Alzheimer.
    “Quando excessivo, no entanto, o estresse leva a liberação de grande quantidade de cortisol, atrapalhando nosso metabolismo e podendo resultar em acúmulo extra de gordura”, conclui Till.


    Fonte: JE Online


    Leia Mais


  • Tratamento de tornozelo do Rogério

    Acompanhe alguns dos exercícios do tratamento do Rogério, que chegou aqui na Preventiva com dores no tornozelo:

    - Propriocepção no disco em apoio unipodal

    Image title

    - Propriocepção no disco em apoio bipodal

    Image title


    - Fortalecimento panturrilha na rampa

    Image title

    - Mobilidade do tornozelo 

    Image title


    Leia Mais


  • Sabia que sentar com a carteira no bolso de trás provoca problemas na coluna?

    Quem poderia imaginar que uma simples carteira localizada no bolso de trás da calça poderia ocasionar diversos problemas na coluna ao se sentar?

    Image title


    Essa é a observação do fisioterapeuta Giuliano Martins, diretor regional da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna (ABRColuna). De acordo com o fisioterapeuta, a questão acontece em decorrência do desalinhamento do quadril, o que provoca uma curvatura errada na coluna e comprimi as raízes nervosas que formam o nervo ciático e os músculos do glúteo.

    “O ideal é sempre retirar a carteira do bolso ao se sentar. O desvio produzido na coluna, pelo fato de se estar sentado sobre a carteira, irá criar uma maior sobrecarga em determinadas zonas que poderá aumentar significativamente a probabilidade do surgimento de alguma dor”, explica.

    Outro fato que pode provocar a mesma patologia é carregar a bolsa, mochila ou sacolas apenas com uma das mãos ou em apenas em um membro: “Estes desvios posturais, quando não tratados no início, evoluem para problemas mais sérios como lombalgias, cervicalgias e hérnia discal. Por isso, para prevenir é importante manter o corpo fortalecido e flexível, ou seja, praticar regularmente uma atividade física e alongamentos”, reforça Martins.

    Fonte: Nova Fisio

    Leia Mais


  • Tratamento de tornozelo

    Seguimos sempre em busca de saúde, reabilitação e qualidade de vida... Esta é uma das partes inciais do tratamento de tornozelo da Dorandi. Primeiro, começamos com o exercício de movimento de dorsiflexão, em que o principal músculo envolvido é o tibial anterior.

    Image title

    Depois, partimos para a estabilização de tornolezo, com o exercício de plantiflexão. Este ajuda a fortalecer os músculos do tornozelo e da panturrilha, o principal músculo envolvido é o gastrocnêmio.

    Image title

    Leia Mais


  • Energy balls: sementes para turbinar o dia

    Receita para turbinar o corpo e inovar no lanche da tarde.

    Image title

        Não é fácil ser criativo na hora de levar lanches para o trabalho ou manter a tal rotina de comer de três em três horas. Que tal uma receita rápida com oleaginosas e frutas secas, fácil, sem fogão e ainda cheia de benefícios para a sua saúde? Veja como fazer as energy balls, bolinhas de sementes e frutas que podem dar um up e, ainda, adoçar sua vida.
        As bolinhas de energia (ou energy balls) são aliadas daquela hora fatal da tarde, quando bate a vontade de comer alguma coisa. Aliás, qualquer coisa. E, mais legal ainda, com apenas três ingredientes já é possível preparar a receita. O único segredo é manter a proporção. Use ⅓ partes de castanhas (amêndoas, caju, pará, amendoim, avelãs, macadâmias) + ⅓ frutas secas + ⅓ de tâmaras sem caroço, ou ameixa sem caroço. Especiarias são bem-vindas, como canela ou cardamomo, por exemplo. E, se gostar de uma textura mais molhada, adicione um pouco de água de coco.

        Para a nutróloga Luiza Savietto , as energy balls são “energia viva”. “Nesse lanche, há grande aporte de nutrientes como zinco, ferro, óleos essenciais, ômega, lipídeos saturados vegetais, antioxidantes e fibras. É um alimento totalmente cru, sem açúcar ou glúten. Por isso, “vivo”. Além de ser um lanche completo, tira a fome e dá energia, principalmente no fim do dia”, explica.


    Receita Energy Balls


    Ingredientes

    ● 150g castanha-do-pará batida no liquidificador até virar farinha
    ● 150g de tâmaras secas (sem caroço) e hidratadas com 1 xícara de chá de água de coco, batidas no liquidificador até formar uma pasta
    ● 150g uvas-passas pretas batidas no liquidificador, até formar um creme
    ● 1 colher (sopa) de canela em pó
    ● 1 colher (sopa) de cacau em pó
    ● 2 colher (sopa) de sementes de chia


    Modo de fazer:

        No liquidificador ou processador, junte os ingredientes e adicione uma colher de óleo de coco. Bata até adquirir consistência uniforme. A consistência deve ser firme, mas não dura nem muito seca. Molde em bolinhas ou barrinhas, embrulhe em filme plástico e mantenha refrigerado. Já está pronto para consumir.
        
        Experimente misturar outros ingredientes nas suas energy balls, basta usar a criatividade. Amêndoas, damascos, tâmaras, cranberries, nozes, maçã e canela, com coco ralado, sementes de chia, flocos de quinua ou amaranto, nibs de cacau, gengibre cristalizado, noz-moscada, cardamomo em pó, raspas de limão, chia, flocos de quinua ou amaranto e sementes de linhaça também podem entrar na receita. Evite deixar muito tempo fora da geladeira ou sem consumir. O ideal é comer em até cinco dias.


    Fonte: Drª.Luiza Savietto,The Kitchn

    Leia Mais


  • Sopas para aquecer o inverno com saúde

    Refeições quentes e saudáveis ajudam a manter o corpo em equilíbrio e ainda aquecem o inverno.

    Image title

    No inverno o corpo utiliza mais energia para manter-se aquecido. É a época que pdemos comer mais, aumentar a quantidade de alimentos (sem exagero, hein?!) e quando é mais gostoso treinar, já que a endorfina e o suor dão muito mais disposição e energia. Mas, especialmente na última refeição do dia, um prato leve é essencial para um sono tranquilo. Por isso, as sopas, cremes e caldos são uma excelente opção para as noites frias do inverno, que já chegou com tudo. Que tal comer bem, nutrir o corpo e ainda desintoxicar enquanto se alimenta?

    As sopas e caldos são feitas batendo-se os legumes e vegetais em um liquidificador ou mixer (sem coar) para formar um purê, ou simplesmente cortando-os em pedaços maiores e misturando tudo. Esse preparo faz com que seu corpo, dentre outros benefícios, melhore a digestão e a absorção dos nutrientes, além de conferir um sabor diferente, devido à combinação dos nutrientes e a inserção de temperos e alimentos, como o gengibre e a cúrcuma, que são desintoxicantes, nada calóricos e aumentam a sensação de saciedade.


    Fonte: o2porminuto

    Leia Mais


  • 10 Passos para uma alimentação saudável

    Confira os 10 passos para uma alimentação saudável, e escolha aqueles que podem trazer variedade e qualidade em sua alimentação:

    Image title

    1. Aumente e varie o consumo de frutas, legumes e verduras. Elas são ricas em  vitaminas, minerais e fibras. As vitaminas e  minerais colaboram na manutenção e no bom funcionamento do organismo. E as fibras regulam o funcionamento intestinal, dão sensação de saciedade, e podem atuar prevenindo várias doenças.


    2. Coma feijão pelo menos 1 vez ao dia. 
    Varie os tipos de feijões usados e as formas de preparo. Use também outros tipos de leguminosas como soja, grão-de-bico, lentilha, etc. Coma feijão com arroz na proporção de 1 para 2. Esse prato brasileiro é uma combinação completa de proteínas e bom para a saúde.


    3. Reduza o consumo de sal. 
    Tire o saleiro da mesa. O sódio é essencial para o bom funcionamento do organismo, mas o excesso pode levar ao aumento da pressão do sangue (hipertensão), e outras doenças. Evite temperos prontos, alimentos enlatados e embutidos. Use ervas frescas para realçar o sabor. 


    4. Reduza o consumo de alimentos gordurosos, como carnes com gordura aparente, salsicha, mortadela, frituras e salgadinhos, para no máximo 1 vez por semana. Prefira os alimentos cozidos ou assados, leite e iogurte desnatados e queijos brancos.


    5.Faça pelo menos 4 refeições por dia: café da manhã, almoço, jantar e os lanches. Não pule as refeições. Para lanche e sobremesa prefira frutas.


    6. Mantenha o seu peso dentro dos limites saudáveis – veja se seu IMC (Índice de Massa Corpórea) está entre 18,5 a 24,9kg/m2. O IMC mostra se seu peso está adequado para a sua altura.


    7. Consuma com moderação alimentos ricos em açúcar, como doces, bolos, e biscoitos. Prefira os cereais integrais.  


    8. Aprecie sua refeição e coma devagar. Faça de sua refeição um ponto de encontro com a família. Não se alimente assistindo TV ou lendo livros e revistas. Reserve um tempo do seu dia para as refeições fazendo delas, momentos de prazer.

    9. Beba água! 
    Muita água! 60% do nosso corpo é formado por água. Portanto, beba em média 2 litros de água (6-8 copos) por dia. Consuma com moderação bebidas alcoólicas e refrigerantes. 1ml de álcool fornece 7kcal. Prefira sucos de fruta fresca ou polpa congelada.


    10. Seja ativo! 
    Acumule pelo menos 30 minutos de atividade física todos os dias. Caminhe pelo seu bairro, suba escadas, jogue bola, dance, enfim, mexa-se. 

    Atenção:
    - Comece com os passos que você avalia que são mais fáceis de adotar no seu hábito alimentar e de sua família. Procure segui-lo todos os dias. 
    - O hábito se adquire com constância e persistência e é uma questão de tempo. 
    - Quando sentir que o passo já faz parte da sua rotina, siga para o próximo passo. 
    - A alimentação saudável pode e deve ser gostosa. Consulte receitas para facilitar o consumo dos alimentos que vão fazer parte dos seus novos hábitos. 


    Fonte: santaluzia.com.br

    Leia Mais


  • Saiba como evitar dor no pescoço

    Image title

    A correria do cotidiano, as longas jornadas de trabalho, as longas horas em frente ao computador, a maratona dos estudos, aquela noite mal dormida… Todo abuso corporal acaba sobrecarregando a sua coluna, inclusive, a área cervical.

    A dor no pescoço é uma queixa bastante comum entre a população e além da má postura, determinadas patologias (como as doenças reumáticas) também podem ser a causa do sintoma. Acompanhando a dor podem surgir formigamentos, dormências e a irradiação do pescoço para outros membros, como braços ou mãos, por exemplo. Neste caso, a dor no pescoço pode ser um indício de problemas mais sérios.


    Veja outros fatores que podem causar a dor no pescoço: 
    – Lesões;

    – Estresse; 

    – “Efeito chicote” em um acidente de carro;

    – Acidentes que envolvam alguma atividade esportiva;

    – Gripe, fibromialgia, meningite, torcicolo, inflamação, hérnia de disco cervical, etc. 


    Algumas dicas para aliviar a dor no pescoço:
     – Massagear os pontos doloridos com as mãos;
    – Fazer alongamentos cervicais ao começar e ao terminar o dia;
    – Olhar para os lados, virando o queixo;

    – Levantar o queixo para cima e para baixo;

    – Virar a cabeça para os dois lados do ombro.


    Sentar com a coluna reta, encostando a base das costas no encosto da cadeira, também deve ser um hábito normal de nosso dia a dia no trabalho, lembrando sempre de levantar de vez em quando para mexer os braços e as pernas, alongando-se. E, finalmente, espante a ansiedade e o estresse de sua vida, procurando atividades físicas e momentos de relaxamento.


    Dicas extras:
     – Ao caminhar ou praticar corrida, mantenha a cabeça erguida e o pescoço relaxado. Nunca projete o pescoço para frente;

    – A maioria dos alongamentos deve ser mantida por 30 a 60 segundos;

    – Nunca tranque os joelhos ao realizar alongamentos;

    – Movimentos de balanço durante os alongamentos podem na realidade tornar a pessoa mais tensa do que flexível;

    – Fazer alongamentos não é competir.


    Se a dor no pescoço é crônica e duradoura é importante buscar ajuda médica para realizar exames específicos que possam diagnosticar o problema. O fisioterapeuta bem como outros profissionais da saúde podem auxiliar com técnicas apropriadas no tratamento ou mesmo na prevenção de diferentes patologias na região afetada, beneficiando, assim, a qualidade de vida do paciente.



    Fonte: fisioterapia.com

    Leia Mais


  • Proteínas: Saiba como aproveitá-las ao máximo

    Tire o melhor proveito da proteína, saber a quantidade certa de proteína para cada período do dia é fundamental para o bom rendimento.

    Image title


    Todo corredor que mantém uma dieta equilibrada sabe da importância do consumo regular de proteínas para ajudar na reconstrução muscular – inclusive depois das passadas. Mas você sabe tirar melhor proveito do nutriente para ter mais desempenho nos seus treinos?


    Formada por aminoácidos, a proteína é essencial para manter a estrutura e o funcionamento do organismo. É ela que regula a contração muscular, a produção de anticorpos e mantém a pressão arterial normal, assim como é matéria-prima para a síntese e recuperação celular. Por isso que é tão importante consumir regularmente o nutriente, que deve compor de 10% a 15% do valor energético total diário.


    Deixando esses números mais palpáveis, um corredor deve consumir, ao longo do dia, cerca de 1,2g a 1,6g de proteína por quilo de peso. Isso devido à maior necessidade que um atleta tem de recuperar a musculatura e as células geradoras de energia.


    Vale atentar, também, para a qualidade da proteína. Prefira as de alto valor biológico (como carnes, peixes, ovos, frango e leite e derivados), e inclua em cada refeição uma fonte proteíca para melhorar o desempenho, a recuperação e a manutenção da saúde.


    Como inserir a proteína na dieta: Agora que você já sabe a dosagem ideal do nutriente, fique por dentro, também, das melhores estratégias a serem adotadas para que tenha um bom rendimento na corrida e tire melhor proveito da proteína de suas refeições.


    - Antes dos treinos
    Nesta refeição, inclua um pouco de proteína para evitar picos de insulina durante as passadas e, consequente a queda da glicemia e do desempenho. Bons exemplos são um sanduíche com queijo branco e atum ou um iogurte com cereais e frutas.


    - Durante o exercício
    Estudos mostram que adicionar 0,2g de proteína junto a 1g de carboidrato (por quilo de peso) auxiliam no ganho de desempenho. Mas lembre-se: a necessidade do consumo de carboidrato durante o exercício se dá apenas com 1 hora de corrida ou mais.


    - Após o treino
    Pesquisas indicam que consumir uma refeição ou suplementação com a proporção de 4g de carboidrato para 1g de proteína é mais eficiente para a reposição de glicogênio muscular e para a recuperação após o exercício. Algumas fontes proteícas são mais rapidamente absorvidas, como, por exemplo, whey protein, leite desnatado ou até sanduíche com peito de frango ou atum – que possem quantidades reduzidas de gordura.



    Fonte: o2porminuto

    Leia Mais


  • Batata doce: uma opção saborosa e saudável para incluir no cardápio

    A batata doce possui um valor calórico maior que a batata “comum”, no entanto, ela auxilia na perda de peso porque aumenta a sensação de saciedade e fornece energia de forma equilibrada, sem elevar os níveis de glicose no sangue.

    Image title

    Quando o assunto é dieta e, mais especificamente perda de peso, a maioria das pessoas tem certo receio em consumir carboidratos. Porém, esse tipo de alimento é responsável por dar energia, por isso não devem ser eliminado da dieta (ao menos que esta seja uma orientação de um profissional como nutricionista ou nutrólogo). Mas, a dica, para quem se preocupa com a saúde e boa forma, é investir em “carboidratos do bem”. E entre eles, nenhum se destaca mais do que a batata doce!

    Muito famosa entre os atletas, o que pouca gente sabe é que esta batata não é indicada somente para quem se exercita, mas para todos, pois pode oferecer inúmeros benefícios à saúde – que vão além da boa forma. Abaixo, você confere quais benefícios a batata doce pode oferecer, como pode ser útil em um processo de emagrecimento e como ela pode/deve ser consumida.

    Batata doce X Batata inglesa

    Uma das dúvidas mais comuns entre as pessoas é: qual é a diferença entre a batata doce e a batata “normal” (inglesa)? Por que a batata doce é mais recomendada?

    Talitta Maciel, do Espaço Reeducação Alimentar, explica que a batata doce possui um valor calórico maior que a batata “comum”, no entanto, ela auxilia na perda de peso. “Isso porque aumenta a sensação de saciedade e fornece energia de forma equilibrada, sem elevar os níveis de glicose no sangue”, diz.

    Além disso, acrescenta a nutricionista, a batata doce possui mais fibras, mais potássio, e mais cálcio do que a batata inglesa. “As características desse tubérculo também ajudam a controlar o colesterol ruim (LDL) e diabetes, além de auxiliarem no bom funcionamento intestinal”, diz Talitta. Outra grande diferença entre a batata doce e a batata “comum” é o tipo de carboidrato, chamado amido resistente, conforme explica Talitta. “Esse amido, ao contrário do carboidrato normal, não é rapidamente absorvido pelo organismo. As enzimas do intestino delgado não conseguem digeri-lo, além disso, ele atrai moléculas de gordura e açúcar, assim, essas moléculas acabam sendo digeridas mais lentamente”, destaca.

    5 vantagens de incluir a batata doce na dieta

    Controle de diabetes

    O consumo de batata doce, de acordo com Talitta, ajuda no controle de diabetes, pois ela possui baixo índice glicêmico.

    Perda de peso

    Talitta ressalta que a batata doce auxilia no emagrecimento, pois diminui o apetite e é rica em fibras. “Na quantidade adequada, pode ser uma aliada na perda de peso, isso porque é um carboidrato de baixo índice glicêmico – o que significa que é digerido de forma mais lenta e, assim, dá mais saciedade, auxiliando no controle do peso. Além disso, por liberar a glicose de forma gradual, evita que ela seja armazenada no corpo feito gordura”, diz.

    Energia para praticantes de atividade física

    Talitta explica que a batata doce é uma ótima opção para praticantes de atividade física. “Fornece muita energia sem provocar picos de glicose no sangue, aumenta a disposição durante a atividade, auxilia na queima de gordura e no ganho de massa muscular”, destaca.

    Reforço para o sistema imunológico

    Talitta destaca que a batata doce também fortalece o sistema imunológico, já que possui alta quantidade de vitamina A.

    Versatilidade

    A batata doce, além de ser deliciosa e agradar a maioria das pessoas, rende bons pratos saudáveis (tanto salgados quanto doces). Vale ressaltar, porém, que deve ser sempre feita cozida. Nada de fritar a batata doce, pois o óleo já deixa a opção pouco saudável.


    Quanto de batata doce é “permitido” consumir por dia?

    Apesar de ser saudável, é claro, a batata doce não deve ser consumida em excesso. Talitta explica que a quantidade recomendada para consumo diário deve acompanhar as necessidades de 60% a 65% de carboidratos, em média, de uma rotina alimentar. “Porém, isso pode ser ajustado de acordo com o nível de atividade física da pessoa, peso, altura e objetivo”, diz.

    A nutricionista acrescenta que cerca de 100 gramas de batata doce possui aproximadamente 100 calorias. Agora você já tem bons motivos para incluir a batata doce na sua dieta. Lembre-se que, embora saudável, ela não deve ser consumida em excesso!



    Fonte: Dicas de Mulher

    Leia Mais


  • Tratamento de Lombar

    Os discos vertebrais constituem cerca de 1/4 do comprimento da coluna vertebral. Cada disco é constituído por um disco fibroso periférico composto por tecido fibrocartilaginoso e uma substância interna, elástica e macia. Os discos formam fortes articulações, permitem vários movimentos da coluna vertebral e absorvem os impactos. Sendo assim, têm como propósito principal sustentar, distribuir e transmitir as cargas que passam através das vértebras, permitindo a elas certa mobilidade, em conjunto com as facetas articulares.

    Os discos funcionam como verdadeiros amortecedores e apresentam grande influência nas transferências de carga e na postura do paciente. O disco sofre diversas alterações ao longo da vida, e a sua degeneração leva à perda da função normal de mobilidade, pois perde hidratação e torna-se mais rígido e quebradiço. Essa alteração morfológica impede o disco de resistir às tensões e às cargas, gerando instabilidade na coluna.

    A dor de origem discal é chamada Dor Discogênica. As facetas articulares e principalmente a musculatura paravertebral usualmente estão sobrecarregadas e também podem ser fonte de dor, como por exemplo, através da fadiga muscular.

    O tratamento inicializou com medicação efisioterapiapara analgesia. Utilizou-se correntes analgésicas a partir de eletrodos, para começar esta primeira etapa.

    Image title

    Em seguida, usou-se o ultrassom que faz com que as moléculas vibrem. Este processo serve para descontraturar, produzindo calor na região afetada e relaxando a musculatura.

    Image title

    A partir daí, usou-se luz infravermelha para gerar um calor ainda mais profundo, aquecendo o músculo para remodelá-lo.

    Image title

    Após a fase aguda em que o tratamento é diário, nota-se uma melhora nas dores da paciente. É, então, que começa o processo de reforço muscular para aumentar a mobilidade da lombar e prevenir o avanço da doença. Sugere-se: Inclinações, rotações, exercícios que trabalhos o inter e o posterior e movimentos da coluna com a bola no chão. O tratamento de reforço é continuo e varia a quantidade de acordo com cada paciente.

    Image title

    Image title

    Image title

    Image title



    Leia Mais


  • Nosso atleta na Seleção Brasileira

    Image title

    Ontem (05) o técnico Dunga anunciou a lista de convocados para o principal torneio da temporada, a Copa América de 2015. E, para a alegria da equipe Preventiva, o jogador Douglas Costa foi convocado. Douglas é um dos nossos atletas que apoiamos e prestamos assessorias de fisioterapia.

    Convocado por Dunga pela primeira vez nos amistosos contra Turquia e a Áustria, em 2014, Douglas Costa afirmou, em entrevista ao "Seleção SporTV, que o seu nome passou a ser especulado de outros clubes após ser lembrado por Dunga. Feliz no Shakhtar Donetsk, o meia não confirmou que deixará a Ucrânia.

    A Seleção se apresenta no dia 1º de junho, na Granja Comary, em Teresópolis, para iniciar a preparação. Serão quase duas semanas para treinamentos e viagem ao Chile. Durante este período, o time verde e amarelo disputará amistosos contra México (dia 7, no Allianz Parque) e Honduras (dia 10, no Beira-Rio). A estreia na competição será diante do Peru, em Temuco, no dia 14. Colômbia e Venezuela completam a chave brasileira no torneio continental.


    Confira a lista completa de convocados:

    Posição

    Jogador 

    Clube

    Goleiro

    Jefferson

    Botafogo (BRA)

    Goleiro

    Diego Alves

    Valencia (ESP)

    Goleiro

    Marcelo Grohe

    Grêmio (BRA)

    Lateral

    Danilo

    Porto (POR)

    Lateral

    Fabinho

    Monaco (FRA)

    Lateral

    Filipe Luis

    Atlético de Madrid (ESP)

    Lateral

    Marcelo

    Real Madrid (ESP)

    Zagueiro

    David Luiz

    Paris Saint-Germain (FRA)

    Zagueiro

    Marquinhos

    Paris Saint-Germain (FRA)

    Zagueiro

    Miranda

    Atlético de Madrid (ESP)

    Zagueiro

    Thiago Silva

    Paris Saint-Germain (FRA)

    Volante

    Casemiro

    Porto (POR)

    Volante

    Fernandinho

    Manchester City (ING)

    Volante

    Luiz Gustavo

    Wolfsburg (ALE)

    Volante

    Elias

    Corinthians (BRA)

    Meia

    Everton Ribeiro

    Al-Ahli (EAU)

    Meia

    Philippe Coutinho

    Liverpool (ING)

    Meia

    Douglas Costa

    Shakhtar Donetsk (UCR)

    Meia

    Willian

    Chelsea (ING)

    Atacante

    Roberto Firmino

    Hoffenheim (ALE)

    Atacante

    Robinho

    Santos (BRA)

    Atacante

    Diego Tardelli

    Shandong Luneng (CHN)

    Atacante

    Neymar

    Barcelona (ESP)


    A equipe Preventiva fica muito feliz e dá os parabéns aos jogadores convocados e, em especial, ao Douglas Costa.

    Leia Mais


  • Playlist ideal para fazer exercícios físicos

    Cientistas da Universidade de Brunel (Londres, Inglaterra) decidiram trabalhar em conjunto com o Spotify para criar a lista de músicas ideal para fazer exercícios físicos.Os pesquisadores usaram o serviço de streaming de música para analisar cerca de 6,7 milhões de compilações destinadas ao uso nas academias de ginástica. Eles descobriram que graças ao ritmo, letra e principlamente o bpm (batidas por minuto), algumas músicas são capazes de nos estimular. No geral, tentamos nos adequar a batida da música, fazendo com que nosso corpo se esforce mais do que se não estivéssemos ouvindo nada. Baseados nesse estudo, eles chegaram a playlist considerada “ideal”.


    Confira a playlist na íntegra no nosso Rdio:



    Fonte: juliapetit.com.br

    Leia Mais


  • Beber água protege o organismo contra os ataques do coração

    Image title

    Especialista explica como esse simples hábito pode fazer toda diferença para nossa saúde. Dr. Fábio Cardoso especialista em medicina preventiva e longevidade garante que quanto mais copos de água você bebe, menor é o risco de você ter um infarto cardíaco fatal ou mesmo desenvolver doença cardiovascular.

    E quanto mais você opta por outros líquidos não-saudáveis (café, chás, refrigerantes, sucos industrializados, adoçados ou não), menos desta “proteção” você terá.

    Este dado foi demonstrado num excelente estudo onde epidemiologistas da Universidade da Califórnia apresentaram após analisarem os dados de seguimento de aproximadamente 20.000 pessoas que eram Adventistas do Sétimo Dia.

    Adventistas do Sétimo Dia são cristãos que acreditam no retorno de Jesus Cristo à Terra. Independente de sua crença religiosa, eles possuem um estilo de vida saudável se compararmos com a sociedade ocidental moderna: Eles não fumam, não consumem bebidas alcoólicas e tentam levar suas vidas o mais saudável possível. Foi por estes preceitos que os epidemiologistas se interessaram em acompanhá-los.

    Os pesquisadores monitoraram 12.017 mulheres e 8.280 homens, todos adventistas, por um período de 6 anos. Como pré-requisito, todos os participantes estavam saudáveis, sem doenças no momento de entrarem no estudo.

    Desde a entrevista inicial, um dado chamou a atenção dos pesquisadores: a grande quantidade de água que eles consumiam diariamente. Nos homens que consumiam mais de 5 copos de 240ml de água reduziam em 40% o risco de eventos cardiovasculares graves. Nas mulheres que consumiam mais de 5 copos, a redução foi de 35%.

    Os pesquisadores é óbvio que procuraram outras relações para explicar esta redução de risco, como idade, pressão arterial, índice de massa corporal, exercício físico, consumo de nozes/oleaginosas e grãos integrais na dieta. Independente de todos estes fatores, quanto mais água eles consumiam, menores os riscos para infartos fatais ou doenças cardiovasculares.

    Outros líquidos como café, chás, refrigerantes ou sucos não tiveram este efeito protetor. No caso dos refrigerantes e suco industrializados adoçados, na verdade até piorou os riscos.

    Os pesquisadores pensam de uma forma bem simples para explicar esta “proteção” gerada pela água: o sangue fica “menos grosso”, reduzindo o risco de eventos que geram trombose – reduzindo o risco de obstruções agudas nas artérias, sendo esta parte das causas dos infartos.

    E outro dado coletado neste estudo que vale ressaltar: indivíduos que consumiam 3 copos de suco de fruta por dia, a concentração de triglicerídeos no sangue era 50% maior que o grupo que só consumia água (lembrando que níveis elevados de triglicerídeos estão relacionados com aumento do risco de diabetes e eventos cardiovasculares como infartos e derrames cerebrais.

    Outros tipos de bebidas, como café e chás, se consumidos em excesso podem ter um efeito negativo, pois ambos podem ser estimulantes e ainda ter efeito diurético (o correto seria individualizar o consumo, orientado por um profissional nutricionista para ter efeitos positivos no consumo).

    Só para lembrar Dr Fábio afirma que independente do credo, bons exemplos no âmbito da promoção de hábitos saudáveis e com potencial de aplicação em larga escala devem ser valorizados e laureados. E aqui fica a ressalva para o simples hábito de consumir água. Fácil e efetivo, sem fórmulas mágicas. Tá com sede? Beba Água.


    Fonte: www.educacaofisica.com.br

    Leia Mais


  • Drenagem Linfática e os seus benefícios

    Image title


    A drenagem linfática é uma técnica de massagem que trabalha o sistema linfático, estimulando-o a trabalhar de forma rápida, movimentando a linfa até os gânglios linfáticos. Essa técnica foi desenvolvida em 1932 pelo terapeuta dinamarquês Vodder e sua esposa e, posteriormente, foi aprimorada, tornando-se popular.

    A massagem terapêutica atua na prevenção de celulite e ajuda a limpar toxinas que formam os nódulos de gordura. Isso elimina o inchaço do corpo e aumenta a oxigenação da pele em curto prazo. O método ainda deixa a pele com uma aparência mais saudável, além de proporcionar uma melhor circulação sanguínea.

    COMO FUNCIONA A MASSAGEM

    O sistema linfático funciona paralelamente ao circulatório. É formado por uma grande rede de vasos, distribuídos por todo o corpo, coletando os líquidos dispersos, filtrando e direcionando-os para circulação sanguínea. Desta maneira, a drenagem atua com manobras que levam estes líquidos para as estruturas responsáveis em coletá-los.

    A massagem é realizada através de pressões leves. É importante frisar que o método não é doloroso, tampouco deixa hematomas (roxos na pele). As pressões feitas na pele direcionam os líquidos do corpo para as estruturas do sistema linfático, onde será eliminado através da urina.


    Image title


    OBJETIVOS DA DRENAGEM LINFÁTICA

    A função da drenagem linfática é retirar a linfa que fica acumulada entre as células, o que pode ser ocasionado por um retardo da pessoa na produção da linfa, por exemplo, ou por dificuldades da absorção por parte das células. Com essa estimulação, há a diminuição do inchaço e melhora dacelulite. O procedimento melhora também a circulação em geral, relaxa o corpo e pode atuar discretamente no combate a gordura localizada - uma vez que a massagem aumenta o metabolismo do local.

    Além disso, as mulheres costumam passar por quedas das taxas hormonais em vários momentos da vida, comomenstruação,TPM,gestaçãoe menopausa. Trabalhando a circulação sanguínea por meio da drenagem linfática, é possível normalizar um pouco melhor essas taxas hormonais, melhorando o bem-estar e ganhando mais saúde.

    Mas não se iluda, a drenagem linfática não emagrece por si só! Ela vai ajudar a reduzir medidas por acabar com o inchaço e eliminar toxinas do corpo. Mas para obter resultados mais efetivos será necessário abordar hábitos saudáveis, como uma alimentação balanceada e prática de exercícios físicos.



    Fonte: minhavida.com.br

    Leia Mais



  • Cafeína estímula a atividade física

    Image title

    Em busca de melhores rendimentos físicos e 'motivação', a cafeína é cada vez mais usada como um estimulante na pratica esportiva por atletas e pessoas comuns em academias.

    A cafeína é classificada como um estimulante do sistema nervoso central, sendo um dos mais consumidos e populares do mundo, pois é de fácil acesso. pode ser encontrada no café, chá preto, chá mate, bebidas a base de cola e guaraná, por exemplo.

    O especialista em nutrição esportiva, Tiago Costa, afirma que a cafeína é considerada de baixo risco para a saúde, além de ser responsável pela inibição da fadiga mental e desempenho físico. Porém o abuso da substância deve ser monitorado.

    - O excesso de cafeína causa agitação, ansiedade, dor de cabeça, insônia e também causa a contração das veias e artérias, o que dificulta a circulação sanguínea e acelera os batimentos.

    Para aqueles que a usam com o objetivo de atingir a excelência em esportes e alto rendimento, Tiago disse que a cafeína é incluída nos regulamentos de doping de todas as federações desportivas, devido o poder de dar aquele 'up' no corpo e na mente.

    - Para ser considerado doping, a dose deve ser a partir de 22 mcg/ml o que se consegue com quatro xícaras de café. Atletas estão sempre querendo atingir metas de alta performance e o corpo sofre grandes consequências devido o cansaço muscular e muitos se dopam e a usam para atingir resultados, mesmo indo contra as consequências que podem sofrer no corpo.

    Suplementos x 'in natura'

    Quanto ao consumo para fins de performance esportiva, há duas formas de ingestão de cafeína, uma em suplementos, onde já vem sintetizada, e na forma natural, em bebidas como chá e/ou café.

    A cafeína age diretamente no sistema nervoso e o uso prolongado causa mudanças de humor e mal estar.


    Na tabela abaixo observa-se a quantidade presente em algumas bebidas comuns encontradas no dia a dia de quem treina ou não.

                    

    (Foto: Editoria de Arte)

     

    Matéria publicada pelo site Globo Esporte

    Leia Mais


  • Ovo: um alimento que oferece muitos benefícios à saúde



    Image title


    Segundo Jackeline Taglieta, nutricionista pela Universidade de São Paulo (USP), pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional pela Unicsul, o ovo é um alimento muito rico em nutrientes. “Em destaque, proteínas, carotenoides (zeaxantina e luteína), colina, biotina, vitamina D, vitamina A, vitamina E e gorduras insaturadas. E além de ser ótimo em termos de nutrientes, é um alimento de custo acessível, muito mais barato que a carne, por exemplo”.

    Benefícios

    De acordo com a nutricionista, o ovo oferece diversos benefícios. Entre eles, destacam-se:

    - Confere saciedade e nutrição para os músculos devido ao seu teor proteico.

    - Pelo conteúdo de zeaxantina e luteína, protege os olhos contra degeneração causada por danos fotoprotetores.

    - É importante para a memória e o aprendizado, por conter colina – nutriente essencial para a formação do neurotransmissor acetilcolina responsável pelas funções cognitivas.

    - Favorece a saúde óssea e a regulação de praticamente todas funções metabólicas, pelo conteúdo de vitamina D, e também reforça a imunidade com a presença da vitamina A.

    - Em dietas de emagrecimento, o ovo é também uma ótima opção de alimento, pois, por conter proteína, ajuda na saciedade e logo, no controle do apetite.

    - O ovo confere proteção cardiovascular, por conter vitamina E, que é altamente antioxidante, e pelo seu perfil de gorduras insaturadas.

    Como consumi-lo?

    A nutricionista Jackeline explica que, de maneira geral (salvo contraindicações), pode-se consumir um a dois ovos de galinha diariamente. “Mas vale ressaltar que, quanto mais diversificada for a alimentação, melhor para o organismo”, diz.

    A melhor forma de consumir um ovo é nas versões cozida ou poché, em que não se usam óleos. O ovo não deve ser consumido frito, “pois a fritura descaracteriza os efeitos benéficos do alimento na saúde cardiovascular, aumentando, por si só, os riscos de aterosclerose e desequilíbrios no colesterol”, destaca a nutricionista.

    A profissional acrescenta ainda que o consumo de ovos crus não é recomendado pelo alto risco de contaminação por salmonela. “E a gema parcialmente mole somente deve ser consumida de ovos de procedência confiável”, diz.

    Jackeline lembra ainda que a casca do ovo deve sempre ser lavada antes de sua quebra, para retirar as sujidades, minimizando o risco de contaminação.

    Como os ovos devem ser armazenados em casa?

    Diferentemente do que, geralmente, estamos acostumados a fazer, o melhor local para armazenas os ovos é dentro da geladeira, no fundo das prateleiras, onde as temperaturas se conservam mais baixas. “Deixá-los na porta facilita a proliferação da salmonela, pois o produto sofre oscilações térmicas com o abrir e fechar da geladeira, facilitando a multiplicação das bactérias presentes nos ovos”, destaca a nutricionista Jackeline.

    Contraindicações

    Jackeline Taglieta explica que ovo contém proteínas alergênicas. “Pessoas alérgicas de um modo geral (como asmáticos e em alguns casos de alergias de pele), não devem fazer uso diário deste alimento. E pessoas com alergia específica a ovos, não devem ingeri-los até que o problema tenha sido revertido.

    “Além disso, pessoas com dieta controlada em proteínas, como as com doenças renais, devem ter ingestão bastante controlada”, acrescenta a nutricionista.

    O consumo excessivo de ovos pode gerar problemas à saúde?

    Embora ofereça todos os benefícios citados à saúde, os ovos não devem ser consumidos em excesso.

    “Assim como outros alimentos, qualquer excesso deve ser evitado. No caso do ovo, o consumo além do recomendado pode levar ao desenvolvimento de uma hipersensibilidade alimentar ao produto. E, por se tratar de um alimento proteico, o excesso pode levar a um sobrecarga renal dependendo da quantidade ingerida das demais fontes de proteínas na alimentação”, destaca a nutricionista Jackeline.


    Matéria publicada pelo site Cidade Verde

    Leia Mais


Voltar para o Topo